PANORAMA2-Mercados brasileiros terminam no azul, antes de Copom

quarta-feira, 29 de outubro de 2008 18:31 BRST
 

SÃO PAULO, 29 de outubro (Reuters) - Os mercados brasileiros sustentaram o tom positivo nesta quarta-feira, à espera de que o Banco Central dê sinais de abrandamento da política monetária no Brasil.

O Federal Reserve cumpriu o script previsto pela maioria no mercado e cortou o juro norte-americano em 0,50 ponto percentual, mas decepcionou uma parte de analistas que esperava uma redução mais agressiva.

A decisão do Fed foi unânime e colocou a taxa dos Estados Unidos em 1,0 por cento --a mais baixa desde junho de 2004.

Por aqui, a expectativa da maioria dos analistas ouvidos pela Reuters é de que o ciclo de aumento da Selic seja interrompido. Isso não joga para escanteio algumas previsões de que o Comitê de Política Monetária (Copom) possa ser mais ousado e até cortar a taxa básica. A decisão sai ainda nesta quinta-feira.

No mercado de câmbio, o BC fez dois leilões de contratos de swap cambial tradicional, que funcionam como uma venda futura de dólares ao mercado. A moeda norte-americana caiu pelo terceiro dia seguido frente ao real.

Após o fechamento, o Fed anunciou uma linha de swap de dólares por reais com o banco central brasileiro que pode chegar a 30 bilhões de dólares. A medida, também disponibilizada para México, Cingapura e Coréia do Sul, visa prover liquidez em dólar.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quarta-feira:

CÂMBIO BRBY   Continuação...