October 29, 2008 / 8:32 PM / 9 years ago

PANORAMA2-Mercados brasileiros terminam no azul, antes de Copom

4 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO, 29 de outubro (Reuters) - Os mercados brasileiros sustentaram o tom positivo nesta quarta-feira, à espera de que o Banco Central dê sinais de abrandamento da política monetária no Brasil.

O Federal Reserve cumpriu o script previsto pela maioria no mercado e cortou o juro norte-americano em 0,50 ponto percentual, mas decepcionou uma parte de analistas que esperava uma redução mais agressiva.

A decisão do Fed foi unânime e colocou a taxa dos Estados Unidos em 1,0 por cento --a mais baixa desde junho de 2004.

Por aqui, a expectativa da maioria dos analistas ouvidos pela Reuters é de que o ciclo de aumento da Selic seja interrompido. Isso não joga para escanteio algumas previsões de que o Comitê de Política Monetária (Copom) possa ser mais ousado e até cortar a taxa básica. A decisão sai ainda nesta quinta-feira.

No mercado de câmbio, o BC fez dois leilões de contratos de swap cambial tradicional, que funcionam como uma venda futura de dólares ao mercado. A moeda norte-americana caiu pelo terceiro dia seguido frente ao real.

Após o fechamento, o Fed anunciou uma linha de swap de dólares por reais com o banco central brasileiro que pode chegar a 30 bilhões de dólares. A medida, também disponibilizada para México, Cingapura e Coréia do Sul, visa prover liquidez em dólar.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quarta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 2,142 reais, em baixa de 1,88 por cento. O volume negociado no mercado interbancário foi de 4,49 bilhões de dólares.

Bovespa .Bvsp

O Ibovespa teve alta de 4,37 por cento, a 34.845 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 4,97 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros avançou 4,38 por cento, aos 16.904 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os principais contratos de depósito interfinanceiro (DI) caíram na BM&F. O DI janeiro de 2010 recuou para 15,40 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 terminou a 13,85 por cento.

Global 40 braglb40=Rr

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 113,125 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 8,42 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil cedia 77 pontos, a 483 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 722 pontos-básicos.

Bolsas Dos Eua

O índice Dow Jones .DJI caiu 0,82 por cento, a 8.990 pontos. O Nasdaq .IXIC subiu 0,47 por cento, para 1.657 pontos. O índice S&P 500 .SPX teve queda de 1,11 por cento, aos 930 pontos.

Treasuries De 10 Anos us10yt=Rr

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, operava praticamente estável e o rendimento era de 3,847 por cento no final da tarde, ante 3,849 por cento na terça-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado; Reportagem adicional de Aluísio Alves, Jenifer Corrêa e Fabio Gherke; Edição de Vanessa Stelzer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below