ATUALIZA-Triunfo vence licitação da Ayrton Senna-Carvalho Pinto

quarta-feira, 29 de outubro de 2008 15:49 BRST
 

(Texto atualizado com mais informações)

SÃO PAULO, 29 de outubro (Reuters) - A Triunfo Participações TPIS3.SA conseguiu seu primeiro trecho de concessão rodoviária no Estado de São Paulo ao vencer licitação para a rodovia Ayrton Senna-Carvalho Pinto, oferecendo um deságio de 54,9 por cento em relação ao preço máximo de tarifa definido pelo governo do Estado.

A Triunfo fez uma oferta de 0,048560 real por quilômetro para trechos de pista dupla, no trecho considerado o principal do processo licitatório que acontece nesta quarta-feira.

Em segundo lugar, ficou o consórcio Primav Eco Rodovias, que ofereceu o preço de 0,058899. A BR Vias ficou em terceiro, com tarifa proposta de 0,077393 por quilômetro. Considerando o preço atual do pedágio na rodovia, o deságio foi de 59,6 por cento.

O presidente da Triunfo Participações, Carlo Bottarelli, afirmou que a empresa obteve um empréstimo-fonte de 200 milhões de reais junto ao Banco Votorantim, relativo ao pagamento de cerca de 20 por cento do valor da outorga.

No lote anterior, correspondente ao trecho leste da Marechal Rondon, a empresa optou por desistir de sua oferta.

O executivo explicou que o preço do pedágio da Ayrton Senna-Carvalho Pinto será igual ao da rodovia Presidente Dutra, e que isso deverá tirar um tráfego de 20 por cento da Dutra, o equivalente a cerca de 6 mil veículos por dia.

A segunda etapa do programa de concessões rodoviárias de São Paulo prossegue com o quinto e último lote relativo à Rodovia Dom Pedro 1o, cuja abertura de propostas começa às 16h.

(Reportagem de Alberto Alerigi Jr; Edição de Carmen Munari e Renato Andrade)