29 de Janeiro de 2008 / às 22:08 / 10 anos atrás

FHC aparece ao lado de Kassab em inauguração de obra em SP

SÃO PAULO (Reuters) - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB-SP) surpreendeu nesta terça-feira ao comparecer à inauguração de estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. Ele chegou à estação Comendador Ermelino, depois de passar pela USP Leste, no momento em que o prefeito Gilberto Kassab (DEM) discursava.

Serra, anfitrião do evento, procurou afastar o tom eleitoral da presença do ex-presidente, que em entrevista recente defendeu o apoio do PSDB à candidatura de Kassab para a eleição paulistana em outubro. O apoio tucano ao prefeito garantiria a recíproca do DEM ao projeto de Serra de se tornar presidente da República em 2010.

O governador disse que o ex-presidente estava no local apenas para visitar uma exposição sobre a trajetória da Universidade de São Paulo (USP), onde lecionou.

"Aqui há uma exposição da história da Universidade de São Paulo. Portanto é uma homenagem que a USP faz ao seu presidente, aluno e professor. E o presidente Fernando Henrique nos deu a honra, o orgulho de comparecer a esta inauguração", disse Serra a jornalistas.

Segundo a assessoria do governador, no entanto, o secretário de Transportes, José Luiz Portella, foi o responsável pelo convite ao ex-presidente, que não discursou.

Serra ainda explicou que o governo do Estado convidou para a cerimônia o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), mas ele recusou o convite porque cumpria agenda em Ourinhos, interior de São Paulo.

Um assessor de Alckmin, que também pretende concorrer à prefeitura paulistana, confirmou que o ex-governador passou dois dias em Ourinhos realizando palestras.

Kassab ainda enfrentou outro evento concorrido nesta terça-feira durante a posse do novo secretário especial de Desburocratização do município, Rodrigo Garcia. A cerimônia lotou o grande saguão da sede da prefeitura, reunindo deputados, vereadores e funcionários públicos.

Serra, ex-prefeito de São Paulo que deu lugar ao vice Kassab quando se candidatou ao governo, estava representado pelos secretários Aloysio Nunes Ferreira (Casa Civil) e Guilherme Afif (Trabalho). O presidente da Assembléia Legislativa, Vaz de Lima (PSDB), também compareceu.

O nome do governador foi lembrado tanto pelos seus secretários quanto por Kassab, que o citou três vezes no discurso e um na entrevista concedida aos jornalistas. "(Serra) é o maior parceiro da cidade nesta gestão."

Sobre a pauta eleitoral, o prefeito apenas voltou a defender a aliança PSDB-DEM. "A aliança existe sim, é bom que continue. A questão eleitoral fica para um momento adequado."

Aproveitou para retribuir FHC elogiando sua gestão. "Uma aliança... que há 14 anos elegeu FHC presidente, um excelente presidente cuja gestão ficou marcada na história do Brasil pelos avanços e pela melhoria de qualidade de vida dos brasileiros."

Reportagem de Carmen Munari; Edição de Mair Pena Neto

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below