Ações caem com incerteza de corte do Fed

terça-feira, 30 de outubro de 2007 15:36 BRST
 

PARIS (Reuters) - As ações européias fecharam em queda nesta terça-feira, quebrando uma série de três sessões consecutivas de alta à medida que investidores estão mais cautelosos após resultados corporativos fracos e à medida que dúvidas pairavam sobre um possível corte da taxa de juro norte-americana.

Um artigo do Wall Street Journal publicado nesta terça-feira espalhou dúvidas sobre as chances do Fed cortar a taxa de juro na quarta-feira. A maioria dos analistas esperam um corte de 0,25 ponto percentual.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações das empresas européias, caiu 0,42 por cento, para 1.581 pontos. O índice europeu subiu perto de 2 por cento neste mês. Ações de mineradoras e petrolíferas caíram, devolvendo parte de seus recentes ganhos à medida que os preços das comodities retrocederam. Xstrata caiu 3,1 por cento e a BP perdeu 1,8 por cento.

As ações do setor de telecomunicações também estiveram entre as principais quedas, perdendo força após a empresa holandesa KPN divulgar lucro trimestral por ação abaixo do esperado. A KPN caiu 5,4 por cento, e a Vodafone perdeu 2,2 por cento.

"O artigo do Wall Street Journal parece sugerir a possibilidade de não haver corte (da taxa de juro norte-americana). Isso retira a expectativa de um corte de 0,50 ponto percentual. Nós achamos que será um corte de 0,25 ponto percentual", disse Emiel van den Heiligenberg, chefe da Asset Allocation & Balanced Mandates na Fortis Investimentos em Londres.

"A única coisa que o Fed não quer fazer é surpreender o mercado neste momento".

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de 0,7 por cento, a 6.659 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX retrocedeu 0,4 por cento, para 7.977 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 0,55 por cento, para 5.803 pontos.   Continuação...