PF investiga avião que fez pouso forçado no RS com R$2 milhões

terça-feira, 30 de outubro de 2007 19:41 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Polícia Federal está investigando o pouso forçado na tarde de segunda-feira de um avião bimotor em Cruz Alta, noroeste do Rio Grande do Sul, transportando o equivalente a 23 milhões de reais em cédulas de dólares, ienes e outras moedas estrangeiras.

O avião ia de Assunção, Paraguai, para Montevidéu, Uruguai, e, segundo os pilotos, fazia um vôo fretado por uma empresa de transportes de valores com filiais nos dois países. Os pilotos disseram ainda que a rota atravessa o espaço aéreo da Argentina semanalmente.

Segundo nota da PF no Rio Grande do Sul, os pilotos solicitaram ao controle aéreo brasileiro para entrar no território nacional, devido ao mau tempo, e acabaram aterrissando no aeroclube de Cruz Alta.

Fiscais da Receita acompanharam os policiais até o local, e embora os valores tivessem alguma documentação, foram retidos por não terem declaração de ingresso no Brasil. O dinheiro foi encaminhado para a sede regional do Banco Central, em Porto Alegre.