BOLSA EUA-Wall Street abre em alta após fala de Bernanke

sexta-feira, 30 de novembro de 2007 12:42 BRST
 

NOVA YORK, 30 de novembro (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos abriram em alta nesta sexta-feira após comentários do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, que aumentaram a confiança do mercado em novo corte dos juros.

Às 12h37 (horário de Brasília), o índice Dow Jones .DJI, referência da bolsa de Nova York, avançava 1,11 por cento, para 13.459 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq .IXIC subia 1,05 por cento, para 2.696 pontos e o índice Standard & Poor's 500 .SPX tinha valorização de 1,29 por cento, para 1.488 pontos.

As ações de bancos, que são sensíveis a movimentações nas taxas de juros, disparavam com a expectativa. O Citigroup (C.N: Cotações) subia 4,24 por cento, o Washington Mutual (WM.N: Cotações) avançava 12,1 por cento e a Countrywide Financial CFC.N saltava 25 por cento.

"Eu acho que o Fed está determinado a fazer qualquer coisa para salvar o sistema bancário", disse Michael Metx, estrategista-chefe de investimentos da Oppenheimer & Co., em Nova York. "Isso significa que eles embarcaram em uma política 'acomodativa' que, na minha opinião, deve continuar em quase todo o ano que vem."

Bernanke disse na noite de quinta-feira que a volta das tensões financeiras nas últimas semanas afetou as perspectivas para a economia norte-americana. Isso aumentou a especulação de que as autoridades monetárias estão dispostas a fazer um novo corte nos juros.

As ações eram sustentadas também pelo resultado em linha com o esperado do Índice de Gastos Pessoais de Consumo, indicador de inflação preferido pelo Fed.

(Reportagem de Jennifer Coogan)