October 1, 2008 / 10:13 PM / 9 years ago

Disputa por vaga no 2o turno é acirrada em três grandes capitais

7 Min, DE LEITURA

RIO DE JANEIRO, 1o de outubro (Reuters) - A quatro dias das eleições municipais, a disputa por uma vaga no segundo turno em três importantes capitais do país continua acirrada e só deverá se definir após a abertura das urnas.

Eduardo Paes (PMDB), no Rio de Janeiro, e José Fogaça (PMDB), em Porto Alegre, parecem ter presença assegurada na disputa que se dará no dia 26 de outubro. Seus adversários, no entanto, ainda são uma incógnita. Já em Salvador, o triplo empate técnico entre o prefeito João Henrique (PMDB), ACM Neto (DEM) e Walter Pinheiro (PT), segundo pesquisa Datafolha divulgada na quarta-feira, deixa a situação imprevisível.

No Rio de Janeiro, três candidatos têm chances de ir ao segundo turno contra Eduardo Paes: Marcelo Crivella (PRB), Fernando Gabeira (PV) e Jandira Feghalli (PCdoB).

Crivella, que chegou a liderar as pesquisas, mas depois foi ultrapassado por Paes, veio decrescendo nas pesquisas e está com 19 por cento, segundo o Datafolha. Fernando Gabeira, com 17 por cento, aparece em seu encalço, e Jandira Feghalli, com 12 por cento, está um pouco mais atrás.

Segundo sua equipe de campanha, Crivella continuará focado nos bairros mais pobres das zonas norte e oeste, prometendo benefícios caso eleito, como o programa Cimento Social.

Gabeira, que ganhou tempo de televisão graças à aliança com o PSDB, apresenta trajetória ascendente e tem enfatizado o apoio de personalidades, como o ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga, e da classe artística. A cada programa eleitoral, Gabeira foi apresentando o apoio de um nome da música popular brasileira, em movimento que culminou com a declaração de voto de Caetano Veloso.

Jandira Feghalli, ultrapassada por Gabeira na reta final, segundo Datafolha e Ibope, tenta se manter no páreo apelando para a união das esquerdas. Setores importantes do PT já a apóiam nos bastidores e o ex-deputado federal José Dirceu declarou em seu blog que apóia a comunista. Em seus últimos programas, Jandira ganhou a declaração de voto da atriz Fernanda Montenegro, que pediu aos cariocas para eleger a primeira prefeita mulher do Rio.

Duelo De Esquerda

Em Porto Alegre, a esquerda luta entre si por um lugar no segundo turno junto ao atual prefeito José Fogaça (PMDB), que lidera as pesquisas com 35 por cento das intenções de voto. Maria do Rosário (PT) e Manuela DÁvila (PCdoB) vêm mantendo uma situação de empate técnico.

Rosário vai tentar desempatar o jogo colando sua imagem ao presidente Lula e enfatizando a vantagem da cidade ter um prefeito alinhado com o governo federal. A idéia é convencer o eleitorado com a mensagem "Quem aprova Lula, vota Maria".

Do lado de Manuela, a idéia é decolar a chamada "onda roxa" e fazer que a adesão à candidatura se manifeste no uso das cores usadas na campanha e também no jingle "sou roxo por Porto Alegre". A estratégia é apresentar Manuela como uma novidade, capaz de romper a polarização que tem caracterizado a política da capital e do Estado, sempre envolvendo o PT de um lado.

"Precisamos de um caminho acima dos interesses partidários, capaz de unir a cidade", disse Adalberto Frasson, coordenador de campanha de Manuela, à Reuters.

Em Salvador, ACM Neto esteve quase sempre à frente naspesquisas até ser alcançado pelos adversários na reta final. Com o maior índice de rejeição na cidade (40 por cento, segundo o Datafolha), ACM Neto está tecnicamente empatado com João Henrique Carneiro (PMDB) e Walter Pinheiro (PT).

Em simulação de segundo turno, Pinheiro derrotaria ACM Neto, por 48 a 40. João Henrique também aparece em vantagem numérica sobre ACM Neto (46 a 41), mas a margem de erro de 3 pontos percentuais carcteriza empate técnico.

"O resultado confirma que estamos no segundo turno, como têm revelado outras pesquisas divulgadas até aqui", disse ACM Neto por meio de sua assessoria, minimizando o empate técnico.

João Henrique e Walter Pinheiro disputaram a preferência do presidente Lula durante a campanha chegaram a disputar na Justiça a exclusividade no direito de usar a imagem do presidente. A decisão final do TRE, proferida semana passada, beneficiou o candidato do PT.

João Henrique segue dedicando cada programa para desconstruir a imagem projetada pela campanha de Pinheiro, que o mostra como um dos fundadores do PT e o "único que integra o mesmo time do governador Jaques Wagner e do presidente Lula". Para João Henrique, Pinheiro, a quem se refere como "traidor", é "indigno do apoio de Wagner e de Lula".

Pinheiro aposta em seu partido para ser um dos que chegará ao segundo turno. "O PT é um partido de chegada, que historicamente mostra muito mais força nas eleições do que prevêem as pesquisas eleitorais", disse ele.

Arrancada Final

São Paulo teve uma situação semelhante a de Rio, Porto Alegre e Salvador, mas na pesquisa Datafolha de quarta-feira, o atual prefeito Gilberto Kassab (DEM) abriu uma vantagem de oito pontos sobre Geraldo Alckmin (PSDB), se credenciando como favorito para enfrentar Marta Suplicy (PT) no segundo turno.

Marta continua à frente nas intenções de voto, com 35 por cento, seguida por Kassab, com 27, e Alckmin, com 19.

Kassab e Alckmin continuam duelando, tendência que deve se manter até o último minuto, com risco de implicações no segundo turno.

"No fim da corrida, ninguém quer ficar de fora e tem que ter ombrada mesmo", disse à Reuters o deputado Silvio Torres, partidário de Alckmin.

No caso de Kassab, a estratégia é evitar o confronto com Alckmin, dar respostas pontuais e defender que tem mais condições de derrotar Marta no segundo turno, em meio ao que um membro da campanha chama de "exploração da onda pró-Kassab".

(Reportagem de Carmen Munari e Mauricio Savarese, em São Paulo; Carla Marques, no Rio de Janeiro; Sinara Sandri, em Porto Alegre; e Augusto Cesar Barrocas, em Salvador).

Edição de Mair Pena Neto

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below