Trichet, do BCE, teme espiral de preços e salários

sexta-feira, 30 de maio de 2008 08:56 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O choque global causado pelo aumento no valor do petróleo e de matérias-primas é uma preocupação para o Banco Central Europeu, já que pode levar à uma espiral de preços e salários, afirmou o presidente da instituição, Jean-Claude Trichet, em entrevista publicada nesta sexta-feira.

Trichet afirmou ao jornal alemão Bild que o BCE precisa continuar vigilante acerca das turbulências do mercado financeiro.

"Meus colegas no BCE -- como Juergen Stark e Axel Weber -- e eu estamos preocupados sobre os atuais preços altos", disse Trichet.

"Temos que tomar cuidado para que o atual choque dos preços no petróleo e nos alimentos não leve a um aumento nos preços de outros produtos ou ajustes salariais excessivos, desencadeando assim uma onda geral de aumento nos preços e salários", explicou.

Segundo o jornal, as afirmações de Trichet sobre inflação não eram para serem vistas especificamente no contexto da próxima reunião do BCE que irá decidir sobre juros, em 5 de junho.

Economistas consultados pela Reuters esta semana [ECB/INT] não esperam que o banco mude na semana que vem a taxa de juro ante os atuais 4 por cento, nível no qual se encontra desde junho do ano passado.