Chavez diz que cortará petróleo se EUA interferirem em referendo

sexta-feira, 30 de novembro de 2007 22:39 BRST
 

CARACAS (Reuters) - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse nesta sexta-feira que cortará as vendas e envios de petróleo aos Estados Unidos se Washington interferir no referendo sobre reforma constitucional no domingo.

Chávez fez a declaração a simpatizantes em um comício favorável às reformas, que incluem o fim do limite para a reeleição do chefe de Estado.

O presidente venezuelano também anunciou que determinou que os militares protejam os campos de petróleo e as refinarias em caso de violência política.

A proposta de reforma constitucional, que será submetida a referendo no domingo, também prevê total controle presidencial sobre as reservas internacionais, ao mesmo tempo em que propõe a redução da jornada de trabalho e a expansão de benefícios da seguridade social para trabalhadores informais, como vendedores ambulantes.

(Por Brian Ellsworth)