Chávez ameaça cortar relações com a Espanha

sexta-feira, 30 de novembro de 2007 22:50 BRST
 

CARACAS (Reuters) - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, ameaçou na sexta-feira cortar os laços diplomáticos com a Espanha se o rei da ex-potência colonial não pedir desculpas por ter mandado o presidente venezuelano "se calar" numa reunião de cúpula.

Discursando em um comício favorável à aprovação de reformas constitucionais em um referendo marcado para o domingo, Chávez também alertou que poderá tomar medidas contra empresas espanholas que operam na Venezuela caso o rei Juan Carlos não atenda as suas exigências.

As ameaças de Chávez intensificam a disputa com a Espanha e vêm em um momento de fortes atritos da Venezuela com a Colômbia e os Estados Unidos.

"Se isso não acontecer (o pedido de desculpas do rei) então eu não terei nada que tratar com a Espanha", disse Chávez

(Por Saul Hudson)