Avaliação econômica na zona do euro piora em julho

quarta-feira, 30 de julho de 2008 07:00 BRT
 

Por Marcin Grajewski

BRUXELAS, 30 de julho (Reuters) - A avaliação econômica na zona do euro piorou em julho e atingiu o menor patamar desde maio de 2003 à medida em que a confiança caiu em todos os setores, puxado por serviços, mostraram dados divulgados nesta quarta-feira, o que evidencia a desaceleração da região.

O indicador sobre a situação econômica da Comissão Européia recuou para 89,5 pontos ante dado revisado de 94,8 pontos em junho, ficando bem abaixo da leitura de 93 pontos estimada por economistas.

A confiança na indústria caiu 3 pontos para leitura negativa de 8 pontos. Entre os consumidores, o indicador de confiança também perdeu 3 pontos para leitura negativa de 20, enquanto que o setor de varejo registrou uma queda de 5 pontos, para um dado negativo de 9.

Na área de construção, o indicador ficou negativo em 14 pontos, uma queda também de 3 pontos no período.

O setor de serviços, que responde por mais de dois terços do Produto Interno Bruto (PIB) da região de 15 países que usam o euro como moeda comum, teve a queda mais acentuada, de 8 pontos. O indicador do setor ficou em 1 ponto.

Os dados reforçam a série de números negativos que, na avaliação de economistas, aponta para uma possível contração da área no segundo trimestre de 2008, depois do crescimento de 0,7 por cento nos três primeiros meses do ano.