Produção industrial no Japão gera temor sobre desaceleração

quarta-feira, 30 de julho de 2008 07:09 BRT
 

Por Leika Kihara

TÓQUIO, 30 de julho (Reuters) - A produção industrial japonesa caiu no período de abril a junho, marcando a segunda queda trimestral consecutiva, sequência que não era registrada há sete anos, o que sugere que o longo ciclo de crescimento pós-guerra está perdendo fôlego à medida que os custos mais altos de energia estão impactando a atividade corporativa no país.

Os dados reforçam a avaliação do mercado que o Banco do Japão vai manter a taxa básica de juro inalterada pelo menos até o fim do ano, já que as incertezas sobre as perspectivas econômicas são maiores.

A produção das indústrias no país caiu 2 por cento em junho, depois de um avanço de 2,8 por cento em maio, mostraram dados divulgados pelo governo nesta quarta-feira. Analistas esperavam uma queda de 1,7 por cento.

No trimestre abril-junho, a produção amargou uma queda de 0,7 por cento em relação ao trimestre anterior. De janeiro a março, o setor também teve uma queda de 0,7 por cento na produção.