Governos europeus injetam US$9,18 bi no Dexia

terça-feira, 30 de setembro de 2008 07:17 BRT
 

BRUXELAS, 30 de setembro (Reuters) - O grupo de serviços financeiros franco-belga Dexia recebeu uma injeção de capital de 6,4 bilhões de euros (9,18 bilhões de dólares) de acionistas públicos nesta terça-feira, em meio ao aprofundamento da crise global de crédito.

Após negociações durante toda a noite, o governo belga anunciou que ele e outros acionistas belgas investirão 3 bilhões de euros no grupo, enquanto o governo francês colocará 1 bilhão de euros e o Caisse des Depots, controlado pelo governo da França, injetará outros 2 bilhões de euros.

Além disso, o governo de Luxemburgo irá investir 376 milhões de euros no Dexia, criado na década de 1990.

As negociações com ações do Dexia, que caíram quase 30 por cento na segunda-feira, foram suspensas na Euronext após o primeiro-ministro Yves Leterme anunciar os detalhes do segundo resgate bancário em três dias.

No final de semana, os governos do Benelux --Bélgica, Luxemburgo e Holanda-- injetaram dinheiro no banco Fortis.

(Por Philip Blenkinsop)