Rede britânica de varejo Tesco tem lucro 10% maior no semestre

terça-feira, 30 de setembro de 2008 08:48 BRT
 

Por Mark Potter

LONDRES, 30 de setembro (Reuters) - O Tesco (TSCO.L: Cotações), maior rede de varejo da Grã-Bretanha, cumpriu previsões com um crescimento de 10 por cento no lucro do primeiro semestre, sinalizando que a empresa pode lidar com mercados fracos, apesar de ter pedido por corte de juro e medidas para estabilizar o setor bancário.

As ações do grupo de supermercados que atende mais de 20 milhões de consumidores britânicos por semana, subiram até 5,4 por cento no começo das negociações nesta terça-feira, depois que a companhia informou uma leve aceleração nas vendas do segundo trimestre no país.

"Sólido e tranquilizador", escreverma analistas do Deutsche Bank.

O presidente-executivo do Tesco, Terry Leahy, disse à Reuters que os consumidores estão "pressionados", mas que os analistas estão exagerando ao dizer que as condições de venda no varejo são as piores em 30 anos.

O Tesco, terceira maior rede de varejo do mundo depois do francês Carrefour (CARR.PA: Cotações) e do norte-americano Wal-Mart (WMT.N: Cotações), informou que o lucro antes de impostos e itens excepcionais somou 1,45 bilhão de libras (2,62 bilhões de dólares) nas 26 semanas até 23 de agosto. O faturamento encerrou o período com alta de 14 por cento, para 25,6 bilhões de dólares.

(Reportagem adicional de Dan Lalor)