Lucro da Boeing sobe com venda de aviões; novo 787 está na meta

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008 19:09 BRST
 

NOVA YORK, 30 de janeiro (Reuters) - A Boeing (BA.N: Cotações) divulgou nesta quarta-feira um aumento de 4 por cento do lucro no quarto trimestre. O resultado melhor do que o esperado foi puxado pelo aumento das entregas de aviões comerciais.

A empresa afirmou ainda que o 787 Dreamliner, que sofreu atraso de cerca de nove meses no cronograma, caminha para cumprir o novo cronograma.

A companhia sediada em Chicago também elevou a sua previsão de lucros para todo o ano citando ganhos em produtividade, mas a deixou abaixo da estimativa média de Wall Street.

Ela reduziu ainda a projeção de receita anual para contabilizar o atraso do 787 Dreamliner, que não terá o primeiro modelo entregue antes de janeiro do ano que vem.

A maior fabricante mundial de aviões em número de vendas reportou um lucro de 1,03 bilhão de dólares no quarto trimestre, ou 1,36 dólar por ação, em comparação a 989 milhões de dólares, ou 1,29 dólar por ação, no mesmo período do ano anterior. De acordo com a Reuters Estimates, a previsão média de Wall Street era de 1,32 dólar por ação.

(Reportagem de Bill Rigby)