Petróleo nos EUA tem queda por preocupações com demanda

segunda-feira, 30 de junho de 2008 17:36 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam em queda nesta segunda-feira devido às preocupações com a desaceleração da demanda, o que derrubou os preços depois de a commodity ter atingido um novo recorde com as tensões entre Irã e Israel.

Os preços atingiram 143,67 dólares nas negociações eletrônicas que antecedem o pregão em Nova York, mas caíram mais de 1 dólar durante o dia após o governo revisar para baixo os dados de demanda por petróleo em abril.

Na Nymex, o contrato agosto recuou 0,21 dólar, ou 0,15 por cento, para 140 dólares por barril, após ter sido negociado entre 139,17 e o novo recorde intradia a 143,67 dólares.

Em Londres, o contrato agosto do petróleo tipo Brent fechou em baixa de 0,48 dólar, ou 0,34 por cento, a 139,83 dólares por barril, sendo negociado entre 139,54 e a nova máxima histórica de 143,91 dólares.

A demanda norte-americana por petróleo em abril foi de 863 mil barris por dia abaixo do previsto inicialmente, baixa de 811 mil barris por dia frente as dados de um ano antes, colocando o consumo no menor nível do mês de abril dos últimos seis anos, afirmou a Administração de Informação de Energia nesta segunda-feira.

"Esta revisão da demanda norte-americana por petróleo em abril certamente pressionou os futuros da commodity", disse Phil Flynn, analista da Alaran Trading. "Isto é uma destruição da demanda bem diante de nossos olhos."

O dólar subiu com operadores comprando a moeda com o final do segundo trimestre.

Durante a sessão os preços do petróleo atingiram um novo pico com preocupações em meio à disputa do Irã contra o Ocidente e Israel sobre seus projetos nucleares.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)