ATUALIZA2-Avaliação do governo é estável, mas inflação preocupa

segunda-feira, 30 de junho de 2008 18:42 BRT
 

(Texto atualizado com informações da pesqusia e declarações)

BRASÍLIA, 30 de junho (Reuters) - A avaliação do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva permaneceu estável em junho, mas a aprovação dos brasileiros em relação ao combate à inflação registrou queda, de acordo com dados de pesquisa Ibope apresentada nesta segunda-feira.

A porcentagem de brasileiros que prevêem que a inflação acelere nos próximos seis meses saltou para 65 por cento em junho, frente aos 49 por cento em março, a sondagem anterior. Este é o maior nível desde março de 2003.

Já a aprovação da política de combate à inflação do governo Lula caiu 10 pontos porcentuais para 41 por cento, frente aos 51 por cento de em março.

"Isto certamente mostra uma desconfiança, que o processo de inflação está mais substancial que no passado", disse Marco Antonio Guarita, diretor da Confederação Nacional de Indústrias, que encomendou a pesquisa.

A taxa de aprovação do governo Lula se manteve nos 72 por cento, segundo a pesquisa, perto da máxima histórica. Lula é particularmente popular entre os eleitores de baixa renda que foram beneficiados por um salário melhor, menor desemprego e programas de bem-estar social.

A avaliação positiva para o governo como um todo ficou em 58 por cento em junho, mesmo patamar de março, mês da sondagem anterior. A avaliação ruim ou péssima subiu para 12 por cento, um ponto acima de março. O desempenho ainda é o melhor desde a primeira posse do presidente Lula em 2003.

A economia brasileira cresceu mais de 5 por cento desde o ano passado. Mas os crescente custos de energia e a forte demanda de consumo também alimentaram a inflação.   Continuação...