Lula e Aécio anunciam presença na mesma campanha em BH

segunda-feira, 30 de junho de 2008 20:04 BRT
 

BELO HORIZONTE (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, confirmaram nesta segunda-feira que participarão de comícios de Márcio Lacerda (PSB) e Roberto Carvalho (PT), candidatos a prefeito e vice, respectivamente, nas eleições de outubro em Belo Horizonte.

"Eu terei um imenso prazer em participar de um comício em Minas Gerais. Vou participar de poucas campanhas municipais, mas em Belo Horizonte tenho que ir", afirmou o presidente em entrevista, ao lado de Aécio Neves (PSDB) e do prefeito da capital, Fernando Pimentel (PT), principais articuladores da chapa.

Os três participaram de solenidade de lançamento do Pólo Aeronáutico Brasileiro de Helicópteros de Grande Porte, em Itajubá, no Sul de Minas, e afinaram o discurso em relação à campanha na capital.

Aécio Neves, cujo partido aprovou, em convenção, apoio informal à chapa Lacerda-Carvalho, também confirmou que participará da campanha.

"Eu estarei envolvido na campanha, obviamente fora dos horários de trabalho. Nos atos que a coordenação da campanha achar importante a minha participação, eu estarei", disse ele.

Tanto o presidente quanto o governador negaram qualquer relação da aliança na capital mineira com as eleições de 2010. Uma possível candidatura de Aécio à sucessão de Lula foi o principal motivo que levou a direção petista a vetar uma coligação formal com os tucanos em Belo Horizonte, decisão criticada pelo presidente.

"Se tivesse que fazer uma repreensão ao Pimentel, que a fizesse em segredo, porque o jogo estava sendo feito à luz do dia, todo mundo sabia o que estava sendo feito em Minas Gerais", afirmou Lula, condenando mais uma vez a direção nacional petista por impedir o acordo, que classificou de "viável e importante".

Aécio seguiu o presidente e também criticou a decisão petista, que considerou "míope" por atribuir à eleição municipal excessiva influência sobre 2010.

"A presença do presidente nesta campanha é muito importante porque celebra aquilo que alguns, com a visão distorcida da realidade de Minas, tentaram, de forma artificial, impedir", disse o governador.   Continuação...