Reestruturação da Siemens custará cerca de US$4,3 bi

terça-feira, 30 de setembro de 2008 13:10 BRT
 

FRANKFURT, 30 de setembro (Reuters) - A Siemens (SIEGn.DE: Cotações) espera que os custos de sua reestruturação fiquem em cerca de 3 bilhões de euros (4,3 bilhões de dólares), com a maior parte desse montante sendo registrada no quatro trimestre fiscal, que se encerra nesta terça-feira.

O grupo alemão de engenharia informou que o desenvolvimento de um volume de negócios no quatro trimestre continuou "satisfatório" e a empresa confirmou suas previsões para 2009.

A maior parte dos custos de reestruturação refere-se a cortes de empregos administrativos e venda da unidade de telecomunicações para empresas, a Siemens Enterprise Networks, para o grupo norte-americano de investimento Gores.

Entre os custos, a Siemens vai registrar encargos de até 1,1 bilhão de euros (1,58 bilhão de dólares) relacionados aos cortes de vagas e de cerca de 1 bilhão de euros com a venda da unidade.