CÂMBIO-Dólar cai abaixo de R$1,57 com otimismo internacional

quarta-feira, 30 de julho de 2008 11:00 BRT
 

SÃO PAULO, 30 de julho (Reuters) - O dólar testa novas mínimas nesta quarta-feira, sendo cotado abaixo de 1,57 real em meio ao otimismo no mercado externo e à expectativa de uma recuperação do fluxo de capitais para o país.

Às 10h56, a moeda norte-americana BRBY operava em baixa de 0,38 por cento, a 1,564 real.

Para Mario Battistel, gerente de câmbio da Fair Corretora, o mercado acompanha o bom humor internacional com a economia dos Estados Unidos e com a extensão de medidas do Federal Reserve para melhorar a liquidez do mercado de crédito.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, já subia mais de 1 por cento com menos de meia hora de pregão. Entre as notícias por trás do otimismo está a geração de 9 mil postos de trabalho pelo setor privado norte-americano.

"A expectativa (para o dólar) realmente é para baixo", disse Battistel. O risco Brasil 11EMJ caía 5 pontos-básicos, para 215 pontos, e a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) .BVSP tinha alta de 1,46 por cento.

Miriam Tavares, diretora de câmbio da AGK Corretora, lembra que o mercado aguarda para os próximos dias a entrada de cerca de cerca de 3 bilhões de dólares relativos à compra de ativos da mineradora MMX MMXM3.SA pela Anglo American (AAL.L: Cotações).

Segundo a diretora, a liquidação dessa transação é esperada para o dia 5 de agosto.

O ingresso pode devolver equilíbrio ao fluxo de câmbio para o país, que tem registrado déficit em julho. Até dia 24, o país acumulava saída de 2,411 bilhões de dólares no mês.

Battistel comentou também que o mercado começa a sentir a volatilidade provocada pela disputa em torno da formação da última Ptax (taxa média do dólar) no mês. A taxa é usada como referência para a liquidação de contratos futuros e outros derivativos em vencimento.

"Ontem já vi alguma coisa nesse sentido", disse o gerente.

(Reportagem de Silvio Cascione; Edição de Alberto Alerigi Jr.)