PANORAMA1-Copom é ponto alto, após onda de notícias positivas

segunda-feira, 2 de junho de 2008 08:14 BRT
 

SÃO PAULO, 2 de junho (Reuters) - A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) garante o ponto alto da semana.

A maioria no mercado já esperava um aumento de 0,50 ponto percentual da Selic, e não mais do que isso, quando o governo anunciou o aumento do superávit primário deste ano.

A decisão deve auxiliar o Banco Central no combate à inflação. Nas palavras do ministro da Fazenda, Guido Mantega, "política monetária e fiscal vão trabalhar de mãos dadas".

Até o anúncio do Copom, na quarta-feira, os investidores acompanharão mais dados sobre o ritmo da atividade no país, como os números do setor automotivo em maio, disponibilizados pela Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), e a produção industrial de abril, pelo IBGE.

Lá fora, os principais eventos são as definições de juro na Inglaterra e na zona do euro (quinta-feira) e o relatório sobre postos de trabalho nos Estados Unidos (sexta-feira).

COMMODITIES & ENERGIA

A Secretaria de Comércio Exterior divulga no meio da tarde dados detalhados da balança comercial brasileira, com os números relativos aos embarques de commodities durante o mês de maio.

No Rio de Janeiro, um seminário sobre o setor de metais e mineração reúne executivos de empresas importantes do setor na segunda e na terça-feiras, como Gerdau (GGBR4.SA: Cotações) e Vale (VALE5.SA: Cotações). O empresário Eike Batista também deve participar.   Continuação...