Presidente do Merrill Lynch, Stan O'Neal, se aposenta

terça-feira, 30 de outubro de 2007 11:59 BRST
 

NOVA YORK, 30 de outubro (Reuters) - O Merrill Lynch MER.N informou na terça-feira que seu presidente de conselho e presidente-executivo, Stan O'Neal, se aposentou e indicou o membro do conselho do banco Alberto Cribiore como chairman não executivo.

Cribiore, executivo de private equity, vai comandar um comitê que buscará um substituto permamente para O'Neal.

O mandato de O'Neal acaba depois dele ter avaliado mal a exposição da instituição a empréstimos imobiliários de risco alto, o que provocou o maior prejuízo trimestral na história de 93 anos do Merrill. A instituição descreveu a saída de O'Neal como aposentadoria.

O executivo de 56 anos tornou-se presidente-executivo da maior corretora do mundo em 2002, mas perdeu a confiança do conselho depois que a companhia registrou baixas contábeis de 8,4 bilhões de dólares. Isso gerou um prejuízo de 2,3 bilhões de dólares no terceiro trimestre, valor várias vezes maior que o previsto por O'Neal mais cedo este mês.

O'Neal, o primeiro afro-americano a comandar uma grande instituição financeira de Wall Street, também teria provocado irritação na administração do Merrill ao sondar uma fusão da instituição com o banco norte-americano Wachovia sem o conhecimento do conselho, segundo matéria do New York Times publicada na sexta-feira.