Segundo maior banco do Japão tem lucro menor e corta previsão

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008 09:18 BRST
 

TÓQUIO, 31 de janeiro (Reuters) - O Mizuho Financial Group (8411.T: Cotações), segundo maior banco do Japão, divulgou nesta quinta-feira queda de 32 por cento no lucro entre abril e dezembro de 2007 e reduziu a previsão para os resultados, abatido pela crise do setor imobiliário em sua corretora.

O banco também informou que irá injetar mais 2,4 bilhões de dólares na unidade prejudicada, a Mizuho Securities. Com isso, o total de capital injetado na unidade subirá para 3,8 bilhões de dólares.

O Mizuho disse que suas apostas no mercado de financiamento imobiliário de alto risco dos Estados Unidos, o chamado subprime, lhe custaram 345 bilhões de ienes (3,2 bilhões de dólares) em nove meses até dezembro, mais que o dobro da estimativa para todo o ano fiscal.

O lucro líquido do grupo nos primeiros nove meses do ano fiscal caiu para 393 bilhões de ienes (3,7 bilhões de dólares), ante 580 bilhões de dólares um ano antes.

O banco reduziu sua estimativa para o lucro do ano fiscal (que acaba em março) pela segunda vez, para 480 bilhões de ienes, ante o prognóstico original de 750 bilhões de ienes.

(Por David Dolan)