BOLSA ÁSIA-Ações tentam se recuperar de um dos piores meses

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008 08:02 BRST
 

Por Tom Miles

HONG KONG, 31 de janeiro (Reuters) - As bolsas asiáticas encerraram um de seus piores meses em leve alta nesta quinta-feira. O índice MSCI da Ásia Pacífico exceto Japão <.MIAPJ0000PUS. subia 0,6 por cento, para 462 por cento, apesar de acumular queda de mais de 12 por cento em janeiro, o pior mês desde setembro de 2001.

A bolsa de Tóquio .N225 subiu 1,85 por cento, para 13.592 pontos, com o banco Mitsubishi UFJ Financial (MUFG) (8306.T: Cotações) avançando e empresas exportadoras como a Toyota Motor (7203.T: Cotações), Hitachi (6501.T: Cotações) e Sony Corp (6758.T: Cotações) dando ânimo extra.

Na Coréia do Sul .KS11 a bolsa subiu 2,24 por cento, para 1.624 pontos, com ações de construtoras navais como a STX Pan Ocean 028670.KS subindo 5 por cento.

Fabricantes de chips também subiram com a estabilização dos preços dos processadores de memória DRAM.

"As notícias mais negativas possíveis parecem ter saído (de cena): medo de recessão nos Estados Unidos, inflação, hipotecas de alto risco... e agora alguns investidores estão se voltando para como a série de medidas para estímulo econômico terá impacto", afirmou Lee Woo-hyun, estrategista da Kyobo Securities em Seul.

O já bem antecipado corte de meio ponto percentual feito pelo Federal Reserve na quarta-feira influenciou pouco os pregões.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 .AXJO subiu 0,56 por cento, para 5.650 pontos, mas cedeu 10,9 por cento neste mês de janeiro, sua maior queda mensal.

As bolsas em Xangai .SSEC, Taiwan .TWII e Hong Kong .HSI encerraram em baixa de menos de 1 por cento.