Comgás quer substituir gás por óleo em algumas empresas

quarta-feira, 31 de outubro de 2007 11:10 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Comgás, maior distribuidora de gás canalizado do Brasil, informou nesta quarta-feira que está negociando com um grupo de empresas clientes a substituição do gás natural pelo óleo combustível, após o estabelecimento de restrições no envio de gás pela Petrobras.

A Comgás, controlada por Shell e BG Group, informou que a Petrobras deverá pagar a diferença de custo das empresas pelo uso do óleo, mais caro que o gás.

"A adoção da referida alternativa baseia-se em proposta da própria Petrobras, por meio da qual esta suportará os impactos financeiros decorrentes da substituição", informou a empresa em comunicado.

A negociação de troca de combustível está sendo feita com um grupo restrito de clientes que são grandes consumidores de gás natural.

A Comgás informou que vai buscar reduzir em até 1 milhão de metros cúbicos por dia o volume de gás que recebe da Petrobras e disse que clientes residenciais e o pequeno comércio terão prioridade no abastecimento.

A empresa não informou eventuais problemas com estes grandes consumidores até o momento, tampouco quanto tempo levaria a operação de mudança do gás pelo óleo nas empresas.

(Por Marcelo Teixeira)