CÂMBIO-Dólar cai com menor juro nos EUA e disputa por Ptax

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008 10:30 BRST
 

SÃO PAULO, 31 de janeiro (Reuters) - O dólar operava em forte queda nesta quinta-feira, puxado pelo corte de juro do Federal Reserve na tarde da véspera, movimento que favorece as operações de arbitragem.

A moeda norte-americana BRBY caía 1,07 por cento, a 1,762 real. Na véspera, a divisa fechou a sessão estável ainda esperando pela decisão do Fed, que foi divulgada apenas após o fechamento do mercado cambial doméstico.

Nesta quinta-feira, os mercados globais ainda digerem o corte de 0,50 ponto percentual na taxa de juro norte-americana, procurando avaliar até que ponto a medida pode conter uma recessão na maior economia do mundo.

No mercado doméstico, o menor juro norte-americano incentiva as operações de arbitragem, que se aproveitam da diferença entre as taxas de juros interna e internacionais.

Segundo Marcos Forgione, analista da Hencorp Commcor Corretora, o cenário externo continua tenso, mas ele ressaltou "que as coisas estão acontecendo de forma consistente". "O mercado gosta de antecipar e ver que precificou certo", disse o analista comentando o corte de 0,50 ponto pelo Fed que já era esperado pela maioria dos analistas do mercado.

"A tendência do dólar em condições normais é de queda... vai ter bastante arbritagem", afirmou Forgione.

Para Miriam Tavares, diretora de câmbio da AGK Corretora de Câmbio, o dia deve ser de muita volatilidade já que "além do ambiente externo incerto, teremos a formação de Ptax de fim de mês".

Esta Ptax é usada para liquidação dos contratos futuros da BM&F e dos contratos de swap reverso.

(Por Fabio Gehrke; Edição de Vanessa Stelzer)