PANORAMA1-Mercado quer comprovar tese de aperto monetário curto

quinta-feira, 31 de julho de 2008 08:00 BRT
 

SÃO PAULO, 31 de julho (Reuters) - Esmiuçar a estratégia do Banco Central é a tarefa de investidores nesta quinta-feira.

A ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) sai antes da abertura dos negócios e os mercados esperam confirmar a idéia de que, com uma dose reforçada de alta da Selic este mês, o Banco Central busca um ciclo de aperto monetário "mais concentrado".

Essa foi a reação exibida pelo mercado futuro de juros logo após o aumento de 0,75 ponto percentual da Selic: os contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) mais curtos avançaram e os longos mostraram alívio. O arrefecimento dos últimos índices de inflação reforça esse movimento.

A quinta-feira também encerra um mês que muitos no mercado financeiro preferem esquecer.

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, por exemplo, acumula queda de quase 8 por cento em julho. No pior fechamento do mês, há dois dias, o Ibovespa chegou a amargar perda de 12,5 por cento.

A agenda corporativa traz os resultados trimestrais de OI TNLP4.SA e Embraer (EMBR3.SA: Cotações), ambos esperados para depois do fechamento dos mercados.

Para a agenda do dia, clique [nN31273947]

  Continuação...