July 31, 2008 / 8:48 PM / 9 years ago

PANORAMA2-Mercado espera novo aumento de 0,75 ponto da Selic

4 Min, DE LEITURA

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 31 de julho (Reuters) - O Banco Central prometeu agir vigorosamente para derrubar a inflação no curto prazo, indicando a continuidade do ciclo de aperto monetário, mas o tom da autoridade monetária não surpreendeu o mercado.

A ata do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada nesta quinta-feira, foi interpretada por analistas como um sinal de que a Selic deve subir 0,75 ponto percentual novamente na próxima reunião. A trajetória no restante do ano, porém, ainda depende das expectativas de inflação.

"(O BC) deixou em aberto que, se a melhora da inflação corrente vista nas últimas semanas se repercutir nas expectativas, ele pode retornar ao ritmo de 0,50 ponto" depois da reunião de setembro, disse Newton Rosa, economista-chefe da Sulamérica Investimentos.

O mercado de juros futuros mostrou volatilidade logo após a ata, mas também foi bastante influenciado pela piora no mercado internacional. No fim do dia, a maioria das projeções exibiu alta na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F).

A queda das bolsas de valores nos Estados Unidos ocorreu por conta de dados desanimadores sobre a economia do país. Mesmo com o crescimento de 1,9 por cento no segundo trimestre, os investidores mostraram preocupação com o aumento no número de pedidos de auxílio-desemprego.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) seguiu Wall Street, com destaque para a baixa das ações da Petrobras (PETR4.SA) em meio à queda do petróleo. O Ibovespa acumulou perda de 8,5 por cento em julho.

O dólar teve um dia de ajustes técnicos, com leve alta.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quinta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,563 real, com variação positiva de 0,06 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 5,4 bilhões de dólares.

Bolsa .Bvsp

O Ibovespa caiu 0,82 por cento, a 59.505 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,33 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em queda de 1,19 por cento, aos 36.612 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 subiu a 13,71 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 avançou a 14,88 por cento.

Global 40 braglb40=Rr

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 132,06 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,45 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil avançava 6 pontos, a 227 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 283 pontos-básicos.

Bolsas Dos Eua

O índice Dow Jones .DJI caiu 1,78 por cento, a 11.378 pontos. O Nasdaq .IXIC perdeu 0,18 por cento, para 2.325 pontos. O índice S&P 500 .SPX recuou 1,31 por cento, aos 1.267 pontos.

Treasuries De 10 Anos us10yt=Rr

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento recuava para 3,95 por cento no final da tarde ante 4,05 por cento na quarta-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Reportagem adicional de Aluísio Alves e Vanessa Stelzer; Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below