PANORAMA2-Mercado espera novo aumento de 0,75 ponto da Selic

quinta-feira, 31 de julho de 2008 17:43 BRT
 

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 31 de julho (Reuters) - O Banco Central prometeu agir vigorosamente para derrubar a inflação no curto prazo, indicando a continuidade do ciclo de aperto monetário, mas o tom da autoridade monetária não surpreendeu o mercado.

A ata do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada nesta quinta-feira, foi interpretada por analistas como um sinal de que a Selic deve subir 0,75 ponto percentual novamente na próxima reunião. A trajetória no restante do ano, porém, ainda depende das expectativas de inflação.

"(O BC) deixou em aberto que, se a melhora da inflação corrente vista nas últimas semanas se repercutir nas expectativas, ele pode retornar ao ritmo de 0,50 ponto" depois da reunião de setembro, disse Newton Rosa, economista-chefe da Sulamérica Investimentos.

O mercado de juros futuros mostrou volatilidade logo após a ata, mas também foi bastante influenciado pela piora no mercado internacional. No fim do dia, a maioria das projeções exibiu alta na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F).

A queda das bolsas de valores nos Estados Unidos ocorreu por conta de dados desanimadores sobre a economia do país. Mesmo com o crescimento de 1,9 por cento no segundo trimestre, os investidores mostraram preocupação com o aumento no número de pedidos de auxílio-desemprego.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) seguiu Wall Street, com destaque para a baixa das ações da Petrobras (PETR4.SA: Cotações) em meio à queda do petróleo. O Ibovespa acumulou perda de 8,5 por cento em julho.

O dólar teve um dia de ajustes técnicos, com leve alta.

  Continuação...