Paulson: reforma regulatória não é resposta à turbulência atual

segunda-feira, 31 de março de 2008 11:20 BRT
 

WASHINGTON, 31 de março (Reuters) - O secretário do Tesouro norte-americano, Henry Paulson, afirmou nesta segunda-feira que uma ampla reforma da estrutura regulatória do sistema financeiro do país não foi pensada como uma resposta às recentes turbulências do mercado e não deveria ser implementada até que as dificuldades se resolvam.

Ao revelar a proposta do Tesouro para a reforma, Paulson disse que está propondo um modelo que seja mais flexível, adaptável a mudanças e que permita às autoridades lidar com futuros problemas.

"Alguns podem ver essas recomendações como uma resposta às circunstâncias atuais, mas não é esse o objetivo", afirmou.

"Essa proposta trata de questões complexas e de longo prazo que não deveriam ser definidas no meio de situações de estresse."

(Por David Lawder)