Equador entra com ação contra Colômbia na Corte de Haia

segunda-feira, 31 de março de 2008 14:08 BRT
 

QUITO (Reuters) - O Equador entrou na segunda-feira com uma ação judicial contra a Colômbia na Corte Internacional de Haia para exigir a suspensão definitiva das fumigações de plantações de coca, feita até um ano atrás na fronteira dos dois países. O governo equatoriano também requereu compensações financeiras.

A ação abriu um novo capítulo na disputa entre Quito e Bogotá, desencadeada depois que as Forças Armadas da Colômbia atacaram em 1o de março um acampamento de rebeldes colombianos em território equatoriano.

A incursão militar resultou na morte do número 2 das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Raúl Reyes, e mergulhou os dois países em sua pior crise diplomática nas duas últimas décadas.

(Por Alonso Soto)

 
<p>Equador entra com a&ccedil;&atilde;o contra Col&ocirc;mbia na Corte de Haia. Os presidentes de Equador e Col&ocirc;mbia, Rafael Correa e Alvaro Uribe conversam em imagem de 30 de novembro de 2007. O Equador entrou com uma a&ccedil;&atilde;o judicial contra a Col&ocirc;mbia na Corte Internacional de Haia para exigir a suspens&atilde;o definitiva das fumiga&ccedil;&otilde;es de planta&ccedil;&otilde;es de coca. O governo equatoriano tamb&eacute;m requereu compensa&ccedil;&otilde;es financeiras. Photo by Reuters</p>