Dados de cartões dominarão debate político nesta semana

segunda-feira, 31 de março de 2008 11:57 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O episódio do suposto dossiê que o governo teria preparado sobre gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e da ex-primeira-dama Ruth Cardoso vai dominar o cenário político esta semana.

O caso está na esfera da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, um dos nomes mais cotados para a sucessão presidencial no PT.

Depois da divulgação pela revista Veja da existência da organização dos dados, a Folha de S.Paulo apontou Erenice Alves Guerra, secretária-executiva da Casa Civil, como tendo ordenado o levantamento de informações para compor um dossiê de despesas com cartões corporativos e contas tipo B (gastos reembolsados a servidores) do ex-presidente Fernando Henrique e Ruth Cardoso.

O governo vem admitindo o levantamento da coleta de informações, mas nega a criação de um dossiê. A CPI mista dos cartões corporativos promete aumentar a carga para a convocação de Dilma.

Veja a seguir os principais eventos da semana:

SEGUNDA-FEIRA

-- O presidente Lula cumpre agenda no Rio de Janeiro. Participa da cerimônia de início das obras de terraplanagem do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro em Itaboraí e, em Duque de Caxias, lança obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A ministra Dilma acompanha o presisente Lula.

-- O partido Democratas deve entrar com representação contra o presidente Lula no Tribunal Superior Eleitoral por uso indevido de palanques em cerimônias oficiais.

-- O PSDB deve pedir à Procuradoria-Geral da República a instauração de inquérito contra a ministra Dilma Rousseff e sua secretária-executiva Erenice Alves Guerra nos episódios relacionamentos ao vazamento dos dados sobre despesas com suprimento de fundos no governo Fernando Henrique Cardoso.   Continuação...