October 31, 2007 / 9:43 AM / 10 years ago

PANORAMA1-Série de dados agita mercado antes de decisão do Fed

4 Min, DE LEITURA

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 31 de outubro (Reuters) - O último dia do mês conta com uma agenda extensa e o mercado terá divulgações das 10h30 até pouco depois das 12h que podem ajudar a balizar as apostas sobre a decisão que será anunciada pelo Fed no meio da tarde.

É nesse período que saem os relatórios do Produto Interno Bruto dos Estados Unidos, atividade manufatureira de Nova York e Chicago e gastos com construção.

Alguns analistas acreditam que o corte modesto na taxa de juro nos EUA --que boa parte do mercado espera ser confirmada pelo Fed-- pode restringir a reação do mercado aos diversos dados que serão divulgados ao longo da manhã.

"Eles podem impactar as negociações até o anúncio da decisão (do Fed)", disse William Sullivan, economista-chefe da JVB Financial Group em Boca Raton, Flórida.

Entre os dados mais esperados está a primeira estimativa do PIB norte-americano do terceiro trimestre, que deve mostrar crescimento anualizado de 3 por cento, abaixo dos 3,8 por cento do segundo trimestre, com o núcleo da medida de inflação PCE dentro da zona de conforto.

O mercado espera que o banco central norte-americano corte o juro em 0,25 ponto, depois da redução de 0,5 ponto de setembro.

"A política monetária funciona em um período de seis a nove meses e quase todo mundo prevê uma economia bastante lenta, bem fraca, para o primeiro semestre do ano que vem", disse Bill Hampel, economista-chefe da Credit Union National Association.

Mas uma matéria do Wall Street Journal publicada na véspera deixou o mercado com o pé atrás sobre a decisão que o Federal Reserve tomará nesta quarta-feira.

O responsável no WSJ pelo acompanhamento do Fed, Greg Ip, conhecido por algumas vezes refletir as visões de representantes sêniores do banco central, disse que o declínio do mercado imobiliário não foi severo o suficiente para alterar a previsão do Fed de retomada do crescimento moderado no ano que vem. Um corte de 0,25 ponto, segundo ele, não é certeza e as autoridades não consideram redução de 0,5 ponto.

Para ler a agenda do dia, clique [nN31578927]

Veja como encerraram os principais mercados na terça-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,753 real, em baixa de 0,17 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 4,481 bilhões de dólares.

Bolsa .Bvsp

O Ibovespa recuou 1,02 por cento, a 64.383 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 6,2 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em queda de 1,28 por cento, aos 36.976 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) janeiro de 2009 fechou em leve alta a 11,35 por cento, e o DI janeiro de 2010 subiu para 11,54 por cento.

Global 40 braglb40=Rr

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, cedeu para 134,250 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,53 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil recuava a 173 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 197 pontos-básicos.

Bolsas Dos Eua

Os índices Dow Jones .DJI e S&P 500 .SPX caíram 0,56 por cento, a 13.792 pontos, e 0,65 por cento, a 1.531 pontos, respectivamente. Já o Nasdaq .IXIC fechou praticamente estável, com oscilação negativa de 0,03 por cento, a 2.816 pontos.

Treasuries De 10 Anos us10yt=Rr

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado avançou e o rendimento foi a 4,38 cento no final da tarde.

Reportagem adicional de Rodolfo Barbosa, Silvio Cascione e Angela Bittencourt

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below