Obama quer ida de tropas do Iraque para Afeganistão

domingo, 20 de julho de 2008 17:32 BRT
 

Por Jon Hemming

WASHINGTON (Reuters) - O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, qualificou neste domingo a situação no Afeganistão de "precária e urgente" e disse que o governo norte-americano deveria começar a transferir mais tropas do Iraque para lá.

Obama falou sobre o Afeganistão para o programa "Face the Nation," da TV CBS, depois de se reunir em particular com o presidente afegão, Hamid Karzai, no segundo dia de um giro internacional para demonstrar sua competência em política externa.

"Temos de compreender que a situação aqui no Afeganistão é precária e urgente. Acredito que este tem de ser o foco central, o front central, em nossa batalha contra o terrorismo", disse Obama, que é senador pelo Estado do Illinois.

Ele disse que os EUA deveriam começar a planejar imediatamente uma transferência de soldados norte-americanos do Iraque para o Afeganistão.

No Afeganistão estão 36 mil soldados norte-americanos e no Iraque quatro vezes mais. Apesar disso, mais soldados dos EUA foram mortos no Afeganistão do que no Iraque em maio e junho.

"Acho que a situação está tão urgente que temos de começar a fazer alguma coisa agora", afirmou Obama.

Depois de sua chegada ao Afeganistão, no sábado, Obama ouviu um resumo da situação feito pelo comandante norte-americano das forças lideradas pela Otan no leste do país.

Neste domingo, imagens de TV mostraram um Obama relaxado conversando com o presidente afegão, tendo ao lado seus colegas de Senado Chuck Hagel e Jack Reed e ministros afegãos no palácio presidencial de Cabul, que tem um forte esquema de segurança.   Continuação...