Barco afunda no rio Amazonas e deixa ao menos 11 mortos

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008 21:53 BRT
 

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Um barco de madeira com 111 pessoas a bordo afundou após colidir com uma balsa de carga no rio Amazonas, nesta quinta-feira, deixando pelo menos 11 mortos e 8 desaparecidos, informou o Corpo de Bombeiros.

O barco Almirante Monteiro partiu na quarta-feira da cidade de Alenquer, no Pará, e viajava para Manaus, capital do Amazonas, quando bateu em outra embarcação na altura do município de Itacoatiara (AM), disse um oficial dos bombeiros à Reuters por telefone.

A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros informou que 111 pessoas estavam no barco, segundo uma lista de passageiros e tripulantes, e que 8 delas estão desaparecidas. O Almirante Monteiro tinha capacidade para 165 pessoas.

Mergulhadores do Corpo de Bombeiros e da Marinha realizaram operações de busca no local, com auxílio de um helicóptero do Exército e de agentes de polícia.

Os trabalhos foram suspensos por volta das 18h (horário local, 19h em Brasília) devido a baixa visibilidade. De acordo com a assessoria de imprensa dos Bombeiros, as buscas serão retomadas na manhã de sexta-feira.

O município de Itacoatiara fica a 204 quilômetros fluviais de Manaus, e a 286 quilômetros por rodovia. O tenente disse que o Corpo de Bombeiros foi informado do acidente por volta de 1h30 da madrugada, cerca de 30 minutos após o horário do choque.

O barco afundou após ter batido em uma balsa de transporte de combustível, que teria deixado o local do acidente sem prestar socorro, segundo o Corpo de Bombeiros.

Uma embarcação da Polícia Militar que passava pelo local foi responsável pelo resgate inicial das vítimas, ainda de acordo com os bombeiros.

(Reportagem adicional de Eduardo Simões)