Obama alerta contra excesso de confiança

quinta-feira, 16 de outubro de 2008 17:02 BRT
 

Por John Whitesides

NOVA YORK (Reuters) - O candidato democrata a presidente dos EUA, Barack Obama, alertou na quinta-feira seus seguidores a evitarem o excesso de otimismo, a 19 dias de uma eleição em que ele abre uma ampla vantagem nas pesquisas.

Obama fez campanha em Nova York e New Hampshire, e McCain foi à Pensilvânia, um dia depois de ambos se enfrentarem no terceiro e último debate, em que o protagonista foi um encanador de Ohio.

Até agora, todos os astros parecem se alinhar a favor de Obama. Ele lidera nas pesquisas nacionais de opinião e também em vários Estados estratégicos para a eleição do dia 4.

Confiante, mas cauteloso, ele disse a seus eleitores em Nova York: "Estamos agora a 19 dias não do final, mas do começo. A quantidade de trabalho que estará envolvida para o próximo presidente será extraordinária".

Nos mercados de apostas, a expectativa de vitória para Obama é superior a 80 por cento. A agência irlandesa Paddy Power já o declara vencedor, e vai pagar antecipadamente um total de mais de 1,35 milhão de dólares para quem apostou que Obama será o próximo presidente dos EUA.

Mas Obama lembrou - primeiro aos endinheirados doadores num café-da-manhã em Manhattan, e depois a eleitores sob a garoa de Londonderry, em New Hampshire - que em janeiro todos esperavam a sua vitória nas primárias democratas desse Estado, onde no entanto a vencedora foi Hillary Clinton.

"Estamos a 19 dias de mudar este país -- 19 dias. Mas, para quem está ficando convencido, tenho duas palavras para vocês: New Hampshire. Aprendi bem aqui que você não pode se acomodar ou prestar atenção demais às pesquisas", disse ele no comício.

JOE, CELEBRIDADE POLÍTICA   Continuação...