Licenciamento de designs de chips salva lucro da ARM no 2o trimestre

terça-feira, 22 de julho de 2014 09:27 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A ARM Holdings divulgou alta de 9 por cento no lucro do segundo trimestre, conforme o licenciamento de sua tecnologia de processadores compensou uma desaceleração nas vendas de smartphones de ponta.

A companhia sediada em Cambridge, que vende projetos de designs de chips e recebe royalties por cada chip vendido por parceiros como a líder do setor Taiwan Semiconductor Manufacturing, teve lucro antes de impostos de 94,2 milhões de libras (161 milhões de dólares) e receita que também cresceu 9 por cento, para 187,1 milhões de libras. Ambos os resultados superaram as projeções de analistas.

Com a indústria de smartphones em meio a um marasmo, quase todo o crescimento da receita da ARM, medido em dólares, foi o resultado da assinatura de 41 novas licenças por fabricantes de chips para seus processadores. Isso levou a um aumento de 42 por cento na receita, para 125,8 milhões de dólares, entre aplicações para microcontroladores até tecnologias para aparelhos vestíveis.

A receita com royalties de chips vendidos em produdos como smartphones da Samsung e da Apple cresceu apenas 2 por cento em dólares, e, quando convertida para libras, teve queda de 8 por cento.

Analistas esperavam lucro antes de impostos de 90,9 milhões de libras, e receita de 182,5 milhões de libras (312 milhões de dólares), segundo uma média ponderada compilada pela Thomson Reuters.

(Por Paul Sandle)