Economia dos EUA deve retomar força no 2º tri

quarta-feira, 30 de julho de 2014 07:51 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O crescimento da economia dos Estados Unidos deve ter retomado força no segundo trimestre uma vez que a atividade acelerou de forma ampla, o que vai melhorar as expectativas de um desempenho mais forte nos últimos seis meses do ano.

O Produto Interno Bruto (PIB) deve ter expandido a uma taxa anual de 3,0 por cento depois de encolher 2,9 por cento no primeiro trimestre, de acordo com pesquisa da Reuters com economistas.

"Não acho que a contração que vimos no primeiro trimestre é reflexo do que realmente está acontecendo na economia", disse o economista sênior do PNC Financial Services Group, Gus Faucher. "Estamos vendo um crescimento generalizado na economia e isso vai ser refletido no relatório do PIB."

O esperado crescimento vai, no entanto, deixar a produção no primeiro semestre do ano estagnada. Mais cedo no segundo trimestre, as estimativas de crescimento chegavam a 4 por cento, mas elas foram reduzidas uma vez que o comércio, gastos do consumidor e investimentos empresariais se recuperaram da queda no inverno menos do que o esperado.

O crescimento do emprego, cuja criação de vagas superou 200 mil em cada um dos últimos cinco meses, e leituras fortes sobre os setores industriais e de serviços do Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) sustentam as expectativas altistas para o resto do ano.

O Departamento do Comércio vai divulgar sua primeira leitura do PIB do segundo trimestre às 9h30, horário de Brasília. Também irá publicar revisões de dados anteriores do PIB até 1999.

(Reportagem de Lucia Mutikani)