Bovespa sobe pelo 5º dia e alcança maior nível desde fevereiro de 2013

quarta-feira, 20 de agosto de 2014 18:22 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou nesta quarta-feira pela quinta sessão consecutiva no azul, com a maior pontuação desde fevereiro de 2013, beneficiado pela alta das blue chips Petrobras e Vale, enquanto permanece a expectativa no mercado sobre desdobramentos na cena eleitoral.

A sessão também contou com anúncio do Banco Central e do Ministério da Fazenda de novas medidas para estimular o crédito. As medidas do BC têm potencial para injetar 25 bilhões de reais na economia.

O Ibovespa fechou em alta de 0,73 por cento, a 58.878 pontos, maior patamar desde 6 de fevereiro de 2013, quando encerrou a sessão em 58.951 pontos. No melhor momento do dia, o índice chegou a bater 59.010 pontos, renovando a máxima intradia para o ano.

O volume financeiro somou 7,4 bilhões de reais.

Alguns movimentos de realização de lucros com papéis que têm peso importante no Ibovespa reduziram os ganhos no pregão. Logo paós a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve, banco central norte-americano à tarde, o índice chegou a recuar, mas no fechamento o fôlego foi retomado.

"A corrida presidencial tem estado no centro do palco das decisões de estratégia de ações no Brasil, e provavelmente continuará sendo no curto prazo, a nosso ver", escreveram analistas do HSBC, em nota a clientes.

Da agenda eleitoral, estava prevista para esta quarta-feira a formalização pelo PSB da nova chapa para disputa, com Marina Silva como candidata a presidente e o deputado Beto Albuquerque (RS) como vice, após a morte de Eduardo Campos em acidente aéreo na semana passada.

Também estava previsto, conforme fonte ouvida pela Reuters, a divulgação de um documento do PSB reafirmando os compromissos políticos assumidos por Campos.   Continuação...