Dólar fecha em leve alta ante real, de olho no Fed

quinta-feira, 21 de agosto de 2014 17:25 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em leve alta ante o real nesta quinta-feira, com investidores aguardando pistas sobre o futuro da política monetária dos Estados Unidos. Na véspera, sinais de que os juros da maior economia do mundo podem subir mais cedo que o esperado impulsionaram a divisa norte-americana.

Na cena local, o mercado também continuou de olho nas eleições de outubro, agora com a entrada oficial de Marina Silva (PSB) na corrida pela Presidência.

A moeda norte-americana subiu 0,23 por cento, a 2,2683 reais na venda, após fechar em alta de 0,57 por cento na véspera.

"Depois da espichada de ontem, o mercado vai caminhar de lado até termos novidades sobre a questão do Fed", afirmou o superintendente de câmbio da corretora Advanced, Reginaldo Siaca, referindo-se ao Federal Reserve, banco central norte-americano.

Na véspera, o Fed indicou que pode subir os juros em breve ao afirmar, em ata de sua reunião de julho, que tem sido surpreendido pelo ritmo de recuperação do mercado de trabalho.

Juros mais altos nos EUA poderiam atrair recursos atualmente aplicados em outros países, como o Brasil.

Novas pistas sobre o futuro dos juros dos EUA podem vir na sexta-feira, quando a chair do Fed, Janet Yellen, falará sobre o mercado de trabalho em simpósio em Jackson Hole. O indicador mais recente sobre esse tema foi divulgado nesta manhã, mostrando que o número de pedidos de auxílio-desemprego recuou um pouco mais que o esperado na semana passada.

No Brasil, o mercado se mantém atento aos rumos da corrida presidencial, após Marina Silva ser oficializada como cabeça de chapa do PSB.   Continuação...