Dilma diz que todos candidatos devem prestar explicações sobre tudo

segunda-feira, 25 de agosto de 2014 20:40 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira que todos os candidatos têm que responder sobre tudo, ao ser perguntada sobre se a candidata do PSB, Marina Silva, deveria falar sobre as questões levantadas em torno do avião que caiu matando Eduardo Campos.

Após o acidente que matou o então candidato do PSB à Presidência e mais seis pessoas no dia 13 de agosto surgiram dúvidas sobre a propriedade e financiamento para a compra do jato executivo Cessna 560XL.

"Eu não estou acompanhando isso porque não é objeto do meu mais profundo interesse", disse a presidente a jornalistas nesta segunda, no Palácio da Alvorada. "Agora, eu acredito que nós que somos candidatos inexoravelmente temos que dar explicação de tudo", disse.

"Candidato a qualquer cargo eletivo, principalmente a presidente da República está sujeito a ser perguntado sobre qualquer questão e deve responder", salientou, sem mencionar diretamente Marina Silva, que era vice na chapa de Campos e agora é a candidata do PSB.

Mais cedo, Marina já havia comentado o caso e prometido explicações do PSB sobre o assunto até terça-feira.

"O partido está juntando as informações e, no momento oportuno, entre hoje e amanhã estará dando as explicações para a sociedade", afirmou Marina, na primeira vez que falou sobre o assunto. [nL1N0QV1L3]

EFICIÊNCIA DO SERVIÇO PÚBLICO

Dilma afirmou ainda que caso seja reeleita irá impor prazos para o serviço público e o atraso de licenças ambientais, por exemplo, não ficará sem punição. Ela não disse, porém, como pretende fazer isso.   Continuação...