Marina assume 2ª posição e venceria Dilma num 2º turno, mostra pesquisa CNT/MDA

quarta-feira, 27 de agosto de 2014 15:47 BRT
 

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, assumiu o segundo lugar da corrida presidencial, abrindo larga vantagem sobre Aécio Neves (PSB) e se aproximando da presidente Dilma Rousseff (PT) no primeiro turno, mostrou pesquisa CNT/MDA, que indicou ainda vitória da ex-ministra sobre os dois adversários em uma segunda rodada.

Marina alcançou 28,2 por cento das intenções de voto, muito à frente dos 16 por cento de Aécio, enquanto Dilma chegou a 34,2 por cento.

A pesquisa, divulgada nesta quarta-feira, mostrou que num eventual segundo turno Marina venceria a presidente por 43,7 por cento a 37,8 por cento.

Se o segundo turno fosse entre a candidata do PSB e Aécio, a vitória seria ainda mais folgada: 48,9 por cento contra 25,2 por cento do tucano. Na simulação entre a petista e o tucano, a presidente que busca a reeleição ganharia por 43 a 33,3 por cento.

O levantamento, encomendado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), é o primeiro do instituto MDA desde que Marina assumiu a candidatura do PSB no lugar de Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo há duas semanas. Campos aparecia em um distante terceiro lugar nas pesquisas para a eleição de outubro.

Pesquisa Ibope divulgada na terça-feira já havia mostrado Marina em segundo lugar com 10 pontos de vantagem sobre Aécio no primeiro turno. O levantamento também mostrou a ex-ministra vencendo a presidente em um eventual segundo turno. [nL1N0QX0KN]

REJEIÇÃO, DIFICULDADES E INCERTEZAS   Continuação...

 
Candidatos à Presidência Marina Silva, Dilma Rousseff e Aécio Neves antes de debate na Band, em São Paulo. 26/08/2014  REUTERS/Paulo Whitaker