Presidente francês Hollande não deve tentar 2o mandato, indica pesquisa

domingo, 7 de setembro de 2014 10:27 BRT
 

PARIS (Reuters) - A maioria dos franceses não quer que François Hollande tente se reeleger na eleição presidencial do país, em 2017, mostrou uma pesquisa de opinião neste domingo, no mais recente revés para o presidente cuja popularidade já atingiu um índice de aprovação historicamente baixo.

A pesquisa mostrou que 85 por cento dos pesquisados não quer que Hollande concorra novamente à presidência, com 50 por cento culpando o presidente por não cumprir suas promessas de campanha.

A pesquisa, feita pelo IFOP para o semanário francês Le Journal du Dimanche, foi realizada entre os dias 5 e 6 de setembro, quando 988 pessoas foram entrevistadas.

A enquete coroa uma semana de más notícias para Hollande, incluindo a publicação de um livro escrito por sua ex-companheira, Valerie Trierweiler, que descreveu o presidente socialista como uma pessoa que despreza os pobres.

Hollande perdeu o apoio até mesmo entre os muitos eleitores de esquerda em grande parte pela frustração em relação ao seu modo de lidar com a economia, onde o desemprego está perto de ficar acima dos 10 por cento, um recorde, e os índices de desenvolvimento estão praticamente estagnados.

Hollande disse na reunião de cúpula da OTAN na sexta-feira que pretende permanecer no cargo até o fim do seu mandato, apesar dos índices baixos nas pesquisas de opinião.

Uma pesquisa também publicada na sexta-feira, pelo IFOP para o jornal Le Figaro, mostrou que Hollande, que assumiu o cargo em 2012, perderia a sua segunda eleição presidencial para a líder de extrema direita da Frente Nacional, Marine Le Pen.

 (Reportagem de Domin