Yellen deixa investidores incertos e Bovespa fecha estável à espera do Datafolha

quarta-feira, 17 de setembro de 2014 20:03 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou estável nesta quarta-feira, após o Federal Reserve manter o mercado incerto sobre o início e o ritmo da normalização das taxas de juros norte-americanas.

O principal índice da bolsa paulista esvaziou ganhos da abertura do pregão, quando os investidores reagiram a uma pesquisa Ibope divulgada na noite da véspera, que mostrou quadro favorável à oposição na corrida presidencial.

O Ibovespa teve variação negativa mínima de 0,01 por cento, a 59.108 pontos, após marcar 60.024 pontos na máxima.

O volume financeiro do pregão alcançou 7,7 bilhões de reais.

Nos Estados Unidos, o Fed reafirmou a promessa de manter as taxas de juros perto de zero por um "horizonte relevante", mas projeções econômicas divulgadas pela autoridade monetária e os comentários da chair Janet Yellen mantiveram agentes financeiros reticentes sobre os próximos passos da instituição.

Em Wall Street, os índices acionários chegaram a bater máximas da sessão logo após o comunicado, mas perderam força. O S&P 500 fechou em alta de apenas 0,13 por cento.

Até o início da semana, a aposta majoritária no mercado era de que o banco central norte-americano indicaria alta da taxa mais cedo do que se precificava. Comentários de um especialista em Fed do Wall Street Journal na véspera no sentido contrário levou a uma revisão de boa parte das expectativas.

Na cola de Nova York, a bolsa paulista deixou a para trás a repercussão a novos números da corrida presidencial.   Continuação...