Na TV, Aécio usa crescimento em pesquisa para atrair eleitor e tentar virar o jogo

quinta-feira, 18 de setembro de 2014 22:03 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, usou seu programa no horário eleitoral obrigatório na TV nesta quinta-feira para exibir o crescimento de sua candidatura na pesquisa Ibope e tentar atrair o apoio de eleitores para virar o jogo.

Colocando-se como a verdadeira mudança em relação à presidente Dilma Rousseff (PT), que tenta a reeleição, o senador mineiro citou a pesquisa Ibope divulgada na terça-feira, em que figura como o único concorrente ao Palácio do Planalto a recuperar terreno.

"Esse programa acontece num momento muito especial dessa campanha, num momento em que a nossa candidatura volta a crescer em todas as regiões do Brasil", disse o presidenciável na TV.

"Tem gente dizendo que vota na Marina com medo da Dilma ganhar a eleição. Eu quero assegurar a você, hoje: quem ganha a eleição da Dilma, quem tira o PT do governo somos nós."

O levantamento divulgado na terça-feira apontou que Aécio passou de 15 para 19 por cento das intenções de voto no primeiro turno, enquanto Dilma perdeu 3 pontos, indo a 36 por cento, e Marina Silva (PSB) oscilou negativamente 1 ponto para 30. O tucano também recuperou terreno nas simulações de segundo turno, mas ainda perde para as duas candidatas.

Apesar de crescer na última pesquisa Ibope, Aécio ainda precisa tirar uma boa vantagem de Marina para conseguir chegar ao segundo turno.

Já Marina usou seu programa de TV, que tem uma duração inferior aos outros dois, para mostrar trechos de discurso em que a candidata narra sua experiência ao lado de ativistas que foram assassinados, caso de Chico Mendes.

"Tinha medo mas meu compromisso sempre foi maior do que o medo. E nunca recuei", disse a candidata, que tem sido bastante atacada por Dilma e Aécio.

Marina aproveitou para reforçar que a defesa do Meio Ambiente será prioridade em seu governo.   Continuação...