Aécio promete encontrar alternativa "responsável" para fim de fator previdenciário

sexta-feira, 19 de setembro de 2014 14:24 BRT
 

Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, afirmou nesta sexta-feira que, se for eleito, encontrará um caminho para a substituição do fator previdenciário

"Vamos encontrar um caminho que permita a superação, a substituição do fator previdenciário, mesmo que seja ao longo dos próximos anos, para uma forma que não penalize de forma tão grave como vem penalizando hoje os aposentados brasileiros", disse o tucano em discurso a mulheres sindicalistas, em São Paulo.

A extinção do fator previdenciário, implantado durante o segundo governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) para evitar aposentadorias precoces e desafogar as contas da Previdência Social, é uma antiga reivindicação dos movimentos sindicais.

Aécio também disse que, na reunião, reiterou o compromisso de reajustar a tabela do Imposto de Renda com base na inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e prometeu "recuperar a defasagem" da tabela nos próximos anos.

Ele também voltou a assegurar que, se eleito, manterá a política atual de valorização no salário mínimo, calculada com base na inflação e no crescimento da economia.

"Só que como no nosso governo o país vai voltar a crescer, o reajuste vai ser muito maior", disse o tucano, aproveitando para alfinetar a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, pelo baixo crescimento da economia.

Sobre a busca do fim do fator previdenciário, Aécio disse a jornalistas após seu discurso que se trata de um "compromisso pessoal" assumido por ele.

"Minha equipe econômica vai estar mergulhada nisso", assegurou o tucano, afirmando que encontrará uma "alternativa responsável" para o fim do mecanismo sem dar detalhes.   Continuação...

 
Candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, participa de encontro com mulheres sindicalistas em São Paulo. 19/09/2014 REUTERS/Nacho Doce