Equipes de resgate recuperam destroços e 40 corpos de jato da Air Asia no mar

terça-feira, 30 de dezembro de 2014 14:17 BRST
 

Por Wilda Asmarini e Adriana Nina Kusuma

JACARTA (Reuters) - Equipes de resgate indonésias que buscam pelo avião desaparecido da Air Asia que levava 162 pessoas recuperaram 40 corpos e destroços do mar, perto da costa de Borneo, nesta terça-feira, enquanto parentes dos passageiros caíram em lágrimas ao saberem da notícia.

O Airbus A320 que fazia o voo QZ8501 da Air Asia perdeu contato com o controle de tráfego aéreo no início do domingo em meio ao mau tempo durante a rota entre a cidade indonésia de Surabaya e Cingapura.

A agência de buscas e resgate da Indonésia confirmou que os destroços são do avião desaparecido. A Marinha da Indonésia disse que 40 corpos foram recuperados do mar.

O avião ainda precisa ser encontrado e não havia informações sobre possíveis sobreviventes.

Fotos de corpos flutuando no mar foram transmitidas pela televisão e parentes de passageiros reunidos em um centro de crise em Surabaya choravam com as mão na cabeça. Segundo um repórter da Reuters, algumas pessoas entraram em colapso em meio ao choro e foram socorridas.

"Vocês têm de ser fortes", disse a prefeita de Surabaya, Tri Rismaharini, ao confortar familiares das vítimas. "Eles não são nossos, eles pertencem a Deus."

O presidente da Air Asia, Tony Fernades, que está na Indonésia desde o desaparecimento da aeronave, disse que retornará a Surabaya.

"O que quer que pudermos fazer na Air Asia, faremos", disse ele no Twitter.   Continuação...

 
Membro da Marinha da Indonésia olha pela janela de uma aeronave de busca e resgate enquanto procuram por um voo da AirAsia desaparecido, ao norte da ilha de Bangka. 30/12/2014. REUTERS/Darren Whiteside