EUA devem deslocar 150 veículos blindados para a Europa

terça-feira, 30 de dezembro de 2014 18:48 BRST
 

Por Adrian Croft

BRUXELAS (Reuters) - Os Estados Unidos planejam colocar até o fim do ano que vem cerca de 150 tanques e veículos blindados na Europa para uso de forças norte-americanas que treinam na Europa como parte da resposta do país à crise na Ucrânia, de acordo com um comandante do Exército norte-americano.

Alguns dos tanques e veículos --o suficiente para equipar uma brigada armada-- poderiam ficar "pré-posicionados" na Polônia, na Romênia ou nos países bálticos, afirmou o comandante das Forças Armadas dos EUA na Europa, Ben Hodges, em uma entrevista por telefone à Reuters de Wiesbaden, na Alemanha.

Os EUA e seus aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) reforçaram o Leste Europeu e aumentaram os exercícios para tranquilizar novos membros da aliança que ficaram nervosos devido ao que enxergam como assertividade dos russos. A Rússia nega qualquer atividade agressiva.

Hodges espera que a contribuição dos EUA para a operação, conhecida como "Operation Atlantic Resolve", continue durante 2015 e 2016.

Manter equipamentos suficientes na Europa para uma brigada blindada dos EUA evita que tropas norte-americanas tenham que levar seus próprios aparelhos e dispositivos quando forem fazer exercícios militares na região.

A iniciativa também significa que os equipamentos estarão disponíveis se os EUA precisarem reforçar o Leste Europeu rapidamente em caso de emergência.

"Até o fim de 2015 teremos todos os equipamentos para uma brigada pesada, isso significa três batalhões, um esquadrão de reconhecimento, quartéis de artilharia, engenheiros, e tudo ficará na Europa", disse Hodges.

"Estamos falando de cerca de 150, talvez 160 tanques M1, veículos de combate M2 Bradley, 24 morteiros autopropulsionados".   Continuação...

 
Soldados norte-americanos participam de um exercício militar junto a forças aliadas da Otan em Grafenwoehr, na Alemanha, em novembro. 18/11/2014 REUTERS/Michael Dalder