Condições do tempo frustram mergulhadores; mais destroços de avião da AirAsia são encontrados

domingo, 4 de janeiro de 2015 08:59 BRST
 

Por Fergus Jensen e Fransiska Nangoy

PANGKALAN BUN/SURABAYA (Reuters) - Mergulhadores tentaram chegar aos destroços afundados do avião de passageiros da AirAsia que caiu no domingo passado, mas foram obrigados a regressar ao seu navio diante do mau tempo, enquanto que autoridades indonésias disseram ter detectado um quinto grande objeto submerso que acredita-se ser parte do avião.

A agência meteorológica da Indonésia disse que tempestades tropicais sazonais provavelmente contribuíram para o acidente, e que o tempo tem persistentemente dificultado os esforços para recuperar corpos e encontrar a caixa preta com gravadores de voo, que podem explicar por que o Airbus A320-200 mergulhou no mar uma semana atrás.

"O clima é ruim. Há uma tempestade. Tem muito vento", disse um fotógrafo da Reuters a bordo de um navio de busca e salvamento na área de buscas próxima da ilha de Bornéu.

"No início, quatro mergulhadores foram transferidos para o KRI Banda Aceh (navio da Marinha da Indonésia), mas eles cancelaram o mergulho porque as correntes marítimas eram muito fortes".

O voo QZ8501 caiu no mar de Java no último domingo, cerca de 40 minutos depois de decolar de segunda maior cidade da Indonésia, Surabaya, com direção à Cingapura. Não houve sobreviventes.

Autoridades indonésias tinham esperança de um avanço na operação quando anunciaram no sábado que os navios que utilizam sonar tinham localizado quatro grandes pedaços de detritos no fundo do mar.

O chefe da agência de busca e resgate da Indonésia, Bambang Soelistyo Fransiskus, disse em entrevista coletiva em Jacarta no domingo que um quinto objeto de quase 10 metros de comprimento tinha sido encontrado.

  Continuação...