Google firma parceria com montadoras e fornecedores para carro autônomo

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 19:07 BRST
 

DETROIT (Reuters) - O Google iniciou discussões com a maioria das principais montadoras do mundo e criou uma equipe de fornecedores para acelerar esforços para levar carros autônomos ao mercado em 2020, disse nesta quarta-feira um alto executivo.

"Seria negligente não falar com os maiores fabricantes de automóveis. Eles têm muito a oferecer", disse Chris Urmson, diretor do projeto de carro autônomo do Google, em entrevista antes de falar em uma conferência do setor.

Esses fabricantes incluem General Motors, Ford, Toyota, Daimler e Volkswagen.

"Para nós, chegar e dizer que podemos fazer melhor, seria arrogante", disse Urmson. O Google não determinou se vai construir seus próprios veículos autônomos ou atuar mais como fornecedora de sistemas e software para as montadoras.

Os protótipos dos carros do Google, declarou, foram construídos em Detroit pela empresa de engenharia Roush.

A expectativa de Urmson é que os primeiros veículos totalmente autônomos estejam prontos para produção em cinco anos, refletindo o ponto de vista expresso no dia anterior por outro empresário do Vale do Silício, Elon Musk, presidente-executivo da Tesla.

Musk falou na véspera na conferência Automotive News World Congress acreditar que a falta de regulamentação federal sobre carros autônomos atrase a introdução até 2022 ou 2023.

Urmson, no entanto, disse que seus colegas do Google "não viam quaisquer obstáculos regulatórios específicos."

O Google tem conversado com a agência reguladora rodoviária norte-americana desde o início do projeto, disse Urmson. "A pior coisa que poderíamos fazer é surpreendê-los."   Continuação...