Objetos da lua são encontrados em armário do astronauta Neil Armstrong

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015 16:51 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - Uma arca do tesouro de objetos que deveriam ter sido deixados para trás após o primeiro pouso na lua surgiu no armário de Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na superfície

lunar, informou a instituição Smithsonian.

Armstrong morreu em agosto de 2012, e sua esposa, Carol, encontrou os itens do pouso de 1969 quando limpava um dos armários de sua casa em Cincinnati, escreveu recentemente Allan Needell, curador de história espacial no National Air and Space Museum, em um blog.

Entre os objetos está uma câmera que foi montada na janela do módulo lunar Eagle para registrar o pouso e duas amarras de cintura. Armstrong usou uma delas para apoiar os pés durante seu período de descanso na lua, afirmou Needell.

Os itens estavam guardados em uma sacola branca conhecida informalmente como Bolsa McDivitt, usada na Eagle para armazenar objetos.

“É desnecessário dizer que, para o curador de uma coleção de artefatos espaciais, é difícil imaginar algo mais empolgante”, escreveu Needell.

Os itens deveriam ter sido abandonados na lua, mas foram trazidos de volta. Needell disse que, até onde sabe, Armstrong jamais os mencionou e ninguém os tinha visto nos 45 anos desde seu retorno à Terra.

De acordo com transcrições da missão, Armstrong descreveu os objetos para o astronauta Michael Collins, que ficou em órbita ao redor da lua a bordo da nave de comando, como “só um monte de lixo que queremos levar de volta – peças, restos...”

A câmera e a amarra que Armstrong usou durante seu repouso são parte de uma exposição temporária no National Air and Space Museum.

(Por Ian Simpson)

 
Astronauta Neil A. Armstrong, em foto sem data obtida em 13/9/2012 REUTERS/NASA/Handout